24 de julho de 2011

" UMA PEQUENA FOLHA" e "AMANTES " (Pablo Neruda)


 

"UMA PEQUENA FOLHA"
 
Tu eras também uma pequena folha

Que tremia no meu peito.

O vento da vida pôs-te ali.

A princípio não te vi: 

não soube que ias comigo,

Até que as tuas raízes

Atravessaram o meu peito,

Se uniram  aos fios do meu sangue,

Falaram pela minha boca,

Floresceram comigo.




"AMANTES " 

Dois Amantes Felizes não têm fim, nem morte,

Nascem e Morrem tantas vezes enquanto vivem,

São eternos...   Como a Natureza...


Um comentário:

Gell disse...

LINDA POSTAGEM! PARABÉNS !!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...