22 de agosto de 2011

OS DEGRAUS ( Mário Quintana )



Não desças os degraus do sonho
Para não despertar os monstros.

Não subas aos sótãos - onde
os deuses, por trás das suas máscaras,
Ocultam o próprio enigma.

Não desças, não subas, fica.
O mistério está é na tua vida !
E é um sonho louco este nosso mundo !

9 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Bastante profundo esse poema. Parabéns pela postagem, beijos.

Laura Miranda disse...

Hola, gracias por visitar mi blog y seguirme, yo también sigo tus poemas , que son muy bonitos, un saludo

Luna Sanchez disse...

Eu cedo às tentações, sacio as curiosidades : desço, subo...eu não aprendo mesmo.

;)

Um beijo.

Elisa T. Campos disse...

Sempre descemos e subimos ,ora encontrando monstros, ora realizando sonhos.
A vida é mesmo um enigma e vale a pena vivê-la.

Amei a sua postagem.
bjs

Dilmar Gomes disse...

Amiga Lecy'ns, este post é presente para mim, que sou apaixonado pela poesia do Quintana, um poeta extraordinário.

* Verinha * disse...

Mário Quintana é mesmo fenomenal!
Belíssima sua escolha Lecy'ns!

Beijokas em seu coração..
Verinha

Aclim disse...

A vida é complicada,

Abraço

Patricia disse...

"el misterio está en esta vida", permanecer en nuestro presente es la respuesta!!

excelente texto.

un abrazo fuerte.

Luks Vieira disse...

O certo é arriscarmos, não acha?
Att.,
Luks

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...