7 de agosto de 2011

POEMAS ( MÁRIO QUINTANA )




"A verdadeira arte de viajar...
A gente sempre deve sair à rua como
Quem foge de casa,
Como se estivessem abertos diante de nós
Todos os caminhos do mundo.
Não importa que os compromissos,
As obrigações, estejam ali...
Chegamos de muito longe,
De Alma aberta e o Coração cantando..."



 **DO AMOROSO ESQUECIMENTO**
        "Eu agora - que desfecho!
         Já nem penso mais em ti...
         Mas será que nunca deixo
         De lembrar que te esqueci ? "

                                                     

                                                       **POEMINHA DO CONTRA**
"Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão... Eu passarinho !"


                                                           
"Um bom poema é aquele 
Que nos dá a impressão
De que está lendo a gente...
E não a gente a ele !"


"Mas por que datar um poema ?
Os  poetas que põem data nos seus poemas
Me lembram essas galinhas que carimbam os ovos..."


2 comentários:

Asas da Ilusão disse...

Sem palavras... p mim ele era um gênio! Adoro!
"Se as coisas são inatingíveis...ora!
Não é motivo para não quere-las...
Que tristes os caminhos, se não fora
a mágica presença das estrelas"(Mário Quintana)

Boa semana, Namastê!

Aclim disse...

Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci ?

Sem comentários...

Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...