8 de dezembro de 2012

TOMARA (Vinicius de Moraes)






Tomara que você volte depressa
Que você não se despeça
Nunca mais do meu carinho
Que chore, se arrependa e pense muito
Que é melhor se sofrer junto
Que viver feliz sozinho..




Tomara que a tristeza lhe convença
Que a saudade não compensa
E que a ausência não dá paz.
E o verdadeiro amor de quem se ama
Tece mesmo a antiga trama
Que não se desfaz.




E a coisa mais divina que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais.

2 comentários:

martinealison disse...

De très joli mots...

Gros bisous.

Carolina disse...

Ola! Fabulosas letras, amo essa poesia tocante. Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...