2 de agosto de 2011

VELEJANDO... EM PROSA / VERSOS : Poeta João Maria Ludugero





"..Estou aprendendo 
A arte de botar o pé no chão,
Movimentar-me e sentir o chão,
Amar sem ser movediço,
Isso me dá vigor, segurança.
...................................
Eu preciso de sinceros abraços,
Não só da carne
Que se entrega,
Por um preço baixo,
E tão logo depois se estraga...
...................................
Preciso de alguém que toque minha Alma
E não me deixe a dois, vazio
Feito sobrevivente a divagar por aí..."


"... quer saber, sei ser valente, animoso,
de gentil presença,
E a poesia foi o que me fêz ser assim,
senhor do meu nariz !
Logo posso ser o que eu quiser.
Dúvidas do meu intento?
.................................
O que tenho são versos entranhados
Pulsando na artéria, latejantes,
Querendo sair, girar o mundo
Que rodopia em meu peito de Poeta! "  


"... Porque esse danado do Amor,
Apesar das perdas e danos,
Vale a pena vivê-lo de novo,
E por ele, tantas vezes, perder a cabeça.
Acho até que esse danado do Amor
Tem muito mais que sete vidas,
E haja fôlego ! "

"... Vou decorando as próximas cenas,
E que venha o sol irradiar seus flaches,
Sem me furtar as cores
Que vão e que vêm, a cada capítulo,
Minha vida toda enfeitar
Nesse balanço tão vívido,
De levantar a alma leve e solta,
sem escapulir de mim
Dando-me corpo à liberdade! "



"... Mesmo depois do leite derramado,
O importante é pensar
Que a vida continua
E a vaca não morreu,
Que está viva! ..."


"...Cada instante em mim
É Verdadeiro, Autêntico,
Ao buscar um bem definitivo viver
Onde as coisas do Amor se eternizem,
Assim juntamente com as cicatrizes
Que a vida me tatuou no peito...
.................................
O pior da vida é perder
os sonhos de vista, 
em todos os reais sentidos!..."

2 comentários:

blog da Paraguassu disse...

Olá Lecy'ns,
Muito lindo seu poema. Adorei. Achei-o sensual, audacioso e coerente ao mesmo tempo. Poetar o amor é a coisa mais linda, não?
Gostei muito também, de seu blog e já estou te seguindo.
Se quiser retribuir, conheça o meu espaço e, se gostar, siga-me e deixe
um comentário para mim. Ficarei muito feliz em vê-la por lá.
Um beijo,
Maria Paraguassu.

Anônimo disse...

Boa Noite Lecy'ns!

Excelente este poema, real, sensual e forte!
Muito bom seu blog, sabes selecionar, voltarei mais vezes por aqui...
Abraços,

Paulo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...