COMPARTILHANDO COM AMIGOS

24 de outubro de 2011

CANÇÃO PENSATIVA ( Lya Luft )




Um toque da solidão
E um dedo severo me traz à realidade:
Não depender dos meus amores,
Não me enfeitar demais com sua graça,
Mas ver que cada um de nós é um coração sozinho !


Cada um de nós perenemente
É um espelho a se mirar,
Sabendo que mesmo se nesse leito frio e branco,
Um outro amor quer derramar-se em nós,
Entre gélido cristal e alma ardente,
Levantam-se paredes para sempre !
( E para sempre a amante solidão nos chama e abraça )

6 comentários:

Asas da Ilusão disse...

Ai meu Deus...me identifiquei tanto com esse poema!!!
LIndo!
Bjs de luz amiga

Luna Sanchez disse...

A solidão nos acorda mas também nos seda, é a própria contradição.

Lindo texto, linda imagem, flor.

Um beijo grande.

Geraldo Mendes disse...

"... é que Naerciso acha feio o que não é espelho..."
Bjo bom...

Zilani Célia disse...

OI LECY'NS!
ESTOU LENDO LYA LUFT, E NÃO PODIA DEIXAR DE TE DAR OS PARABÉNS POR A TERES COLOCADO EM TEU BLOG.
http://zilanicelia.blogspot.com/
ABRÇS

blog da Paraguassu disse...

Olá Lecy'ns,
Poemas de Lya Luft. Nada melhor do isto para postar.
Parabéns, amiga. Lya é tudo de bom, com certeza.
Sua escolha foi realmente ótima. O poema é lindo!
Um grande beijo,
Maria Paraguassu.

Júlio Machado disse...

Postagem muito boa.
Lya Luft tem muita sabedoria dentro do seu sótão transbordante de sensibilidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...